14 de ago de 2014

A VOLTA DOS PAPÉIS DE PAREDE


 

Os papéis voltaram com tudo. Aliados a novas tecnologias, hoje são laváveis, fáceis de aplicar e valorizam qualquer decoração. São opcões neutras, geométricas, coloridas, florais de alto e baixo relevo.

A base do papel de parede deixou de ser papéis e passou a ser em vinil, pvc, espuma, emborrachados e até aveludados, o que os torna mais duráveis e práticos de manter a manutenção.

Mas a dúvida sempre é qual tema ou qual cor utilizar. Essa escolha dependerá muito do ambiente a ser aplicado decorado, da superfície na qual o papel será aplicado, do uso do ambiente e do contexto geral da decoração.

Eu opto sempre por destacar uma parede com cor e textura e deixar o restante do ambiente neutro e monocromático, mas se a ideia é ter um ambiente todo neutro, nude, opte pos papéis geométricos e de duas cores ton sur ton, fica interessante. 

Para os quartos dos adultos a escolha deve ser mais cuidadosa, não explore cores e texturas em excesso pois o ambiente de repouso pede uma certa serenidade.

Para quartos de crianças, são inúmeras opções coloridas e temas diversos, eu gosto de explorar uma ideia de contraste entre o papel e o restante da decoração, ou até fugir dos temas infantis.

Para ambientes de salas, devemos levar em consideração o estilo da decoração proposta, gosto de trabalhar com arabescos em cores fortes, cria um efeito clássico porém com ousadia nas cores trazendo um ar de modernidade ao ambiente todo. Os temas maiores podem ser explorados nas salas maiores.

Mas o principal na escolha na hora de se selecionar o papel de parede é procurar um fornecedor de qualidade, com garantia de coloração, pois a qualidade do ambiente vai depender de um material e uma aplicação bem feita.
















UMA PAREDE OU TODAS? 

Essa também é uma dúvida frequente, mas cada ambiente deverá ser analisado. Caso seja um papel liso ou de um tema bem neutro, pode ser aplicado em todas as paredes do ambiente, e até compor com outro papel, porém muito cuidado para não saturar o ambiente de informações. A quantidade também é uma dúvida recorrente e dependerá muito do tema escolhido, pois as estampas devem se casar na hora da colocação e cada papel tem uma forma de calcular a quantidade, deste modo o ideal é ter a medida da superfície e até uma foto para poder fazer a conta exata.

Se ainda tiver dúvidas, entre em contato com um profissional de arquitetura ou decoração de interiores para te dar uma consultoria referente a esta escolha e até indicar lojas e fornecedores de credibilidade para o serviço.




E claro, vale lembrar que na Pintura e Cia. Store estão as melhores marcas e opções em papel de parede, se estiver atrás de um papel de parede bonito e de qualidade, visite a loja e confira seu acervo. Você vai sair babando com vontade de comprar um rolinho de papel de parede de cada tipo. Só cuidado pra não deixar a sua casa misturada ou demais (porque as opções são muitas e você vai querer levar todas, rs).

Post por Paty Zat


Um comentário:

  1. Adoro escrever para a pintura e cia, sempre que precisarem estou a disposição, o blog está lindo e com dicas incríveis!
    beijos Paty Zat

    ResponderExcluir